Quest Final – Prime Evil (Diablo)

 Um cometário

Depois de percorrer quatro atos você vai se deparar com Leah, ou melhor, Diablo. O senhor das trevas adquiriu grandes poderes depois de ter absorvido as almas de todos os outros bosses que você enfrentou nos atos anteriores (Butcher, Belial e Azmodan).
A batalha contra Diablo divide-se em três partes:

  1. Batalha contra Diablo em pleno Santuário;
  2. Batalha contra o Diablo sombrio e seus clones sombra no submundo;
  3. Volte a enfrentar o “big D” no Santuário.

Primeira etapa: o início da batalha pelo Santuário

Como já era de se esperar essa a etapa mais tranquila, quando você não vai encontrar muitos problemas para atingir Diablo.
O grande ataque do demônio é a Jaula de Ossos, onde ele é capaz de aprisionar seus inimigos, deixando-os paralisados e indefesos. O grande problema disso é que logo em seguida ele irá se teletransportar para perto de você, sugando sua vida de uma maneira muito rápida, enquanto segura você nas garras.

Para evitar a Jaula de Ossos fique em constante movimento, isso se você não for de uma classe de personagem focada em combate corpo-a-corpo (como Bárbaro e Monge). Caso você precisa ficar próximo ao demônio, fique atento para as marcas vermelhas que aparecem brevemente no chão. Elas indicam onde surgirão as jaulas que podem aprisioná-lo.

Outra forte arma de Diablo é o Círculo de Fogo, ataque que gera um DPS bem incômodo aos jogadores. O ataque também pode ser previsto, uma vez que o monstro lança um míssil de fogo, que ao atingir o alvo gera uma marca circular no chão, inflamando todos que estiverem dentro desta área.

Segunda etapa: a sobrevivência no submundo

Essa sim é a etapa mais difícil do combate, pois além de enfrentar o Diablo, você também terá que derrotar os clones de sombra que o mestre da escuridão cria durante a batalha.
Esses clones são personagens sombrios que são criados de acordo com as classes de personagens que estão sendo usadas no jogo, ou seja, se você estiver jogando sozinho com um Arcanista, o clone sombra será um Arcanista. Se você estiver jogando em um grupo com um Bárbaro e um Feiticeiro, esses serão os seres sombrios criados por Diablo.

O grande problema disso é que esses personagens são muito fortes, aliando ataques físicos com skills utilizadas pelos próprios jogadores. Esse é o grande problema, afinal o “feitiço pode virar contra o feiticeiro”, pois esses clones poderão lhe atacar com as armas que você mesmo usa.
A dica aqui é focar em um clone por vez. Concentre seu dano em apenas um monstro até matá-lo, para então focar nos outros, e por último voltar a atacar Diablo.

Terceira etapa: de volta ao Santuário

Ao derrotar o Diablo sombrio você vai voltar ao Santuário. Essa terceira etapa é muito parecida com a primeira, portanto você não terá grandes problemas para derrotar o demônio, assim como você fez na primeira parte da batalha.
Apesar de parecida, a terceira etapa tem uma diferença se comparada com a primeira. Depois de retornar ao Santuário, Diablo vai mostrar um novo ataque que causa um DPS arcano bem forte, trata-se de um Raio Arcano que ele solta pela boca. Além de ser um ataque muito rápido, o monstro irá perseguir a sua trajetória. Uma dica? CORRA!